A PEDRA FUNDAMENTAL

Isaías 28.16

Portanto assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse.

Talvez alguém se pergunte: – Por que tantas igrejas? Se já existem tantas, por que iniciar uma nova? – Na maior parte dos lugares, ao olharmos ao nosso redor, encontraremos várias igrejas de diferentes denominações, inclusive batistas.

Antes de mais nada, precisamos verificar que o pecado se multiplica tão grandemente no mundo que ainda que todas as igrejas existentes fossem boas e sérias, elas ainda seriam insuficientes. Mas, o problema se torna maior ao verificarmos que isso está longe de ser verdade. A maioria das igrejas que vemos não são verdadeiramente igrejas conforme as Escrituras e se desviam da verdade desde a sua base.

É preciso estabelecer igrejas essencialmente bíblicas e escriturísticas. Isto é, igrejas centradas na prática e ensino daquilo que é conforme a Palavra de Deus. Existem muitas assim e que nós não conhecemos, mas elas são uma minoria. Uma igreja assim deve ser:

- Uma igreja que evangeliza (prega as boas novas de salvação e não outra coisa).

- Uma igreja que preza pela santificação de seus membros (separação para uso de Deus).

- Uma igreja que prega “todo o conselho de Deus” (o ensino dos profetas do Antigo Testamento, de Cristo e dos apóstolos – o que, na verdade, é um só ensino).

Para uma igreja ser assim, ela tem que partir do fundamento sólido:

Ela precisa ser uma igreja Cristocentrica (centrada em Cristo), do que muitos tem se afastado (alguns, sem perceber). Não há evangelho (salvação), santificação (padrão para estabelecer santidade real) ou conselho (instrução firme e segura) fora de Cristo.

1- Cristo é a pedra (rocha) colocada por Deus em quem devemos crer.

Notemos que, embora essa parte do livro de Isaías fale de castigo pelo pecado da nação de Israel, Deus promete livramento àquele que espera e confia nEle. Essa palavra de conforto da parte de Isaias tem como base o que Davi disse no Salmo 118.14 e 19-23. “A porta”, “a pedra”, “a salvação” mencionados ali, são referências claras a CRISTO – E “O Senhor fez isto”!

Jesus, mesmo, fez menção a esses textos quando repreendeu os religiosos judeus por sua religião vazia e baseada em obras.

Disse-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra que os edificadores rejeitaram, essa foi posta como pedra angular; pelo Senhor foi feito isso, e é maravilhoso aos nossos olhos?
Portanto eu vos digo que vos será tirado o reino de Deus, e será dado a um povo que dê os seus frutos.
E quem cair sobre esta pedra será despedaçado; mas aquele sobre quem ela cair será reduzido a pó.
Mateus 21.42-44

2- A pregação da igreja no primeiro século consistia nisso:

O apóstolo Pedro anunciou arrependimento e fé em Cristo para salvação (Atos 3.19 e 4.11-12). Não existe verdadeira fé em Cristo sem arrependimento.  A “presença do Senhor” não pode ocorrer em uma vida entregue e acomodada ao pecado. Ele Salva e Regenera a alma fazendo um pecador tornar-se crente nEle. Só nEle há Salvação e Santificação, porque Ele é a Pedra Fundamental. Pedro ensinou melhor isso mais tarde:

E, chegando-vos para ele, pedra viva, rejeitada, na verdade, pelos homens, mas, para com Deus eleita e preciosa,
sois vós também quais pedras vivas, edificados como casa espiritual para serdes um sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo.
Por isso é que se acha na Escritura: “Eis que ponho em Sião a principal pedra angular, eleita e preciosa, E aquele que nele crê, não será envergonhado.”
Para vós, portanto, que credes é a honra; mas para aqueles que descrêem, A pedra que os edificadores rejeitaram, Esta foi posta como a pedra angular
e Como uma pedra de tropeço e uma rocha de escândalo; porque tropeçam na palavra, sendo desobedientes, para o que também foram postos.
Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo todo seu para que proclameis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz,
vós que em outro tempo éreis não povo, mas agora sois povo de Deus, vós que não havíeis alcançado misericórdia, mas agora a tendes alcançado.
1 Pedro 2.4-10

 

Paulo pregou aos gentios, que não conheciam antes as promessas de Deus através dos profetas, mostrando que o Evangelho de Cristo é para todos os povos! (Efésios 2.11-20)

Assim, vemos que o Fundamento dos profetas e dos apóstolos é o mesmo – CRISTO.

A Pedra posta em Sião reúne toda a raça (homens de todas as nações) em uma só família, atraindo a Si, gentes de todos os povos a Deus.

E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim.
João 12:32

O Evangelho de Paulo não via outro fundamento a não ser Cristo:

Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele.
Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. 
1 Coríntios 3:10-11

                Este é o fundamento da nossa Fé: – JESUS CRISTO É O SENHOR E A ROCHA DA NOSSA SALVAÇÃO.

Fundamento e fundador da Igreja, há de ser sempre o FUNDAMENTO DE UMA IGREJA LOCAL.

Qual é o fundamento da sua vida e da sua fé (se você tem uma – baseada em que)?

Jesus é a única rocha e fundamento – para ser salvo, para ser santificado para louvor da Glória de Deus e para conhecer o bom conselho de Deus, Jesus não é somente importante ou necessário, mas sim fundamental.

Por isso a ordem imperiosa do Evangelho é: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo…”.

Creia e seja salvo! Confie e espere na Rocha posta em Sião para nossa salvação.

 

Pr Waldir Ferro – Igreja Batista Betel Independente

 

One Response to A Pedra Fundamental

  1. gostaria de ter mais informação sobre este assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>