Quem Somos

Nossa igreja

Somos uma igreja Batista independente, ou seja, não somos ligados a nenhuma convenção. Somos tradicionais e neo-testamentários, pois acreditamos que a verdadeira igreja deve seguir o padrão ensinado por Deus em Sua Palavra. Temos por missão a divulgação e o zelo de todo o Ensinamento de Deus.

Você pode saber um pouco mais sobre nossa igreja, doutrina e história por este site. Além de obter informação de contato e endereço para uma futura visita.

Seja bem-vindo em nosso site e em nossa igreja.

 

A comissão da igreja

Como uma igreja que tem como fundador e cabeça a Cristo, temos o dever de defender Sua sã doutrina e cumprir Sua Comissão, que é dividida em três partes igualmente importantes:

1)      “Ide, fazei discípulos de todas as nações;

2)      Batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo;

3)      Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho mandado” (Mateus 28.19 e 20).

 

Igreja Batista

Ao contrário do que é muito ensinado, os Batistas não são Protestantes. Ou seja, não saíram da igreja Católica, juntamente com os Luteranos, Presbiterianos, Anglicanos e Metodistas, na época da Reforma Protestante, no século XVI, isso por que nunca pertenceram a ela.

Traçar uma linhagem da igreja Batista dos nossos dias até os dias dos apóstolos, para assim provar ser uma igreja verdadeira, é uma tarefa impossível, por muitos momentos da história serem obscuros e por esta denominação, Batista, não ter sido empregada desde o início.

No entanto, há registros, em diferentes épocas, de igrejas que defendiam a mesma doutrina e fé como: os Montanistas (150 d.C.), os Novacianos (240 d.C.), os Donatistas (305 d.C.), os Albigenses (1022 d.C.), os Waldenses (1170 d.C.). É um engano acreditar que, até a época dos reformadores, só havia uma igreja, a Católica.

Além do mais, doutrinariamente, os Batistas diferenciam-se dos Protestantes, que herdaram muitas crenças e costumes de sua igreja mãe. E também não tem como fundador homem algum, como Martinho Lutero, João Calvino, João Wesley, mas Cristo é quem a fundou. A sua origem não está na Alemanha, Suíça, Escócia, mas sim em Jerusalém.

Os Batistas foram alvo de perseguições durante séculos para Católicos e Protestantes, o que fez esta igreja se espalhar e lutar para manter sua fé pura. Com isso, chegaram aos Estados Unidos, no século XVII, onde trabalharam e expandiram muito, e de onde vieram os primeiros missionários ao Brasil.

 

Igreja Batista no Brasil

O trabalho batista no Brasil se iniciou com alguns colonos norte-americanos. A primeira igreja organizada em nosso país, que se saiba, foi em Santa Barbara d’Oeste, São Paulo, em 1871. Em anos seguintes, algumas outras igrejas foram estabelecidas, em diferentes cidades e estados, como em Salvador e Rio de Janeiro.

Trinta e seis anos depois da organização da primeira igreja Batista no Brasil, foi fundada a Convenção Batista Brasileira, e, embora muitas das igrejas da convenção fossem fieis às doutrinas, a ligação por essa convenção foi rejeitada pela linhagem conhecida como independente, por isso não ser um procedimento bíblico. Muitas igrejas ligadas à convenção se desviaram, sofrendo influência de outras igrejas.

Anos mais tarde, com a chegada de alguns grupos batistas de linhagens não fiéis, algumas das igrejas já organizadas começaram a se desviar das doutrinas e práticas defendidas pelos Batistas e outras foram já organizadas dessa maneira. No entanto, nessa mesma época, missionários fiéis, de igrejas Batistas igualmente fiéis dos Estados Unidos, também desembarcaram no Brasil.

Em dezembro de 1957, chegaram ao Brasil o missionário Steve Montgomery e família, os primeiros da linhagem independente, enviados pela igreja Antioch Baptist Church of Greencastle, Indiana, EUA. Logo que chegaram, começaram o trabalho em São Paulo. No ano seguinte à chegada do pastor Montgomery, o missionário Don Ross e família também chegaram ao Brasil e os dois missionários passaram a trabalhar juntos.

Logo igrejas foram organizadas em São Paulo pelo trabalho dos dois pastores e famílias, que aos poucos tinham a ajuda de novos irmãos. O pastor Steve Montgomery mudou-se para o interior do estado de São Paulo, onde começou novos trabalhos em cidades como Pioneiros (hoje conhecida como Sud Mennucci) e Pereira Barreto, enquanto o pastor Ross permaneceu em São Paulo.

Outros missionários de igrejas batistas independentes também chegaram após isso, como o missionário Bill Heslep, Eldwyn Rogers e Ed Kittle. Também veio ao Brasil o pastor Calvin Gardner, que destes é o único que ainda trabalha no Brasil.

Com o trabalho destes e outros missionários, muitos brasileiros se converteram e passaram a trabalhar nas igrejas e também em missões, e hoje existem várias igrejas organizadas pelo trabalho destes homens usados por Deus, para fazer a Sua vontade.

 

Bibliografia:

CARROLL, J. M.O Rastro de Sangue.

Lyons, Vernon C. Os Batistas não são protestantes. Tradução Steve Montgomery (Fonte: PalavraPrudente.com.br).

Montgomery, Steve. Algumas datas históricas importantes (Fonte: PalavraPrudente.com.br).

STEFANO, Gilberto. A Origem. 2ª Ed. São Paulo: Edições Cristãs, 2006

Contact Form